a Anis é uma organização feminista,
não-governamental e sem fins lucrativos

Com 17 anos de atuação e uma cartela de boas conquistas na trajetória, é reconhecida pela pesquisa social, incidência política, litígio estratégico e projetos de comunicação sobre violações e defesa de direitos, em campos como direitos sexuais, direitos reprodutivos, deficiências, saúde mental, violências e sistemas penal e socioeducativo.

saiba mais

Projetos

Por nossas atividades de pesquisa social, buscamos nos aproximar de temas sensíveis e produzir dados confiáveis sobre violações de direitos humanos.
Confira!

Documentários

Por meio de documentários, chamamos atenção para violações de direitos humanos esquecidas, e damos nomes e rostos a demandas urgentes.
Assista!

Doe para a Anis

A Anis foi a primeira organização a realizar pesquisas na área de bioética com uma matriz de direitos humanos na América Latina. Nos orgulhamos de todos os projetos já desenvolvidos e temos muito ainda a fazer.
Contribua!

vozes da igualdade

Acompanhe e participe do falatório

falatório no Facebook
falatório no Youtube

Últimas notícias

Julgamento do STF sobre mulheres grávidas e com filhos até 12 anos é celebrado nas redes

Publicado originalmente no Justificando Em decisão muito celebrada por pessoas [...]

Nove meses de luto

Impedidas de escolher, grávidas de fetos com órgãos vitais [...]

A proteção à infância ao enfrentar o cárcere

por Sinara Gumieri Publicado originalmente no Portal Justificando “Nenhum brasileirinho [...]

Brazil could soon outlaw abortion altogether

por Ciara Long Publicado originalmente no PRI Sabrina has had several [...]

I tried (and failed) to get a safe and legal abortion in Brazil

por Rebeca Mendes Publicado originalmente no Los Angeles Times I'm [...]

Magno Malta quer arquivar proposta que descriminaliza aborto até 12ª semana

por Marcella Fernandes Publicado originalmente no HuffPost Brasil Em mais [...]

O médico, as ginastas e a juíza: qual o lugar da justiça criminal?

por Gabriela Rondon Publicado originalmente no JOTA No caso Larry [...]

Abortei na Colômbia porque o governo brasileiro falhou comigo

Rebeca Mendes, primeira brasileira a começar uma batalha judicial [...]

veja mais